Barra Velha: Cerca de três mil potes de maionese vencidas são descartadas ilegalmente em terreno baldio no bairro Itajuba

06.08 – Moradores da Rua Rita de Cássia Coelho Ramos, do bairro Itajuba, em Barra Velha denunciaram à Fundação Municipal do Meio Ambiente (FUNDEMA), ontem (5), o descarte de cerca de três mil frascos de maionese em um terreno baldio. Após fiscalização no local, o órgão flagrou o crime ambiental pelo descarte de lixo em local inapropriado.

De acordo com o presidente da FUNDEMA, Leandro Haupt, os produtos serão recolhidos para destinação correta aos. “O material que está com o prazo de validade vencido deveria ter sido descartado em um aterro sanitário legalizado ou recolhido pelo fornecedor. A FUNDEMA irá denunciar o caso no Ministério Público e Polícia Civil, para que os autores do crime sejam responsabilizados.

A Vigilância Sanitária de Barra Velha também trabalha no caso e deve averiguar a origem do produto por meio do número do lote e data de fabricação. Com essas informações será possível fazer o rastreio do material e averiguar os dados do fornecedor e destinatário.

Hoje pela manhã, a Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Barra Velha afirmou que os quase três mil frascos foram recolhidos pela empresa Recicle, que fará o descarte correto do material em um aterro sanitário.

Vale ressaltar, que muitos frascos foram recolhidos moradores e que o consumo pode colocar em risco a saúde dos mesmos, alerta o departamento da Vigilância Sanitária da Prefeitura.

Foto e fonte: Assessoria de Imprensa PMBV

 

Polícia de São Francisco do Sul prende mulher acusada de matar a comerciante comerciante Cátia Regina Silva

05.08 – A Polícia Civil de São Francisco do Sul prendeu na sexta-feira (2) uma mulher suspeita de matar a comerciante Cátia Regina Silva, de 46 anos, no último dia 25. O corpo foi encontrado em uma área de mata, às margens da BR-280, próximo ao rio Piraí. O carro de Cátia havia sido encontrado carbonizado na manhã do dia 25 em uma estrada próximo ao morro da palha.

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão durante o dia em São Francisco do Sul. Uma comerciante foi presa em casa e o marido dela não foi localizado pela polícia, sendo considerado foragido. Os dois teriam participado do homicídio de Cátia Regina.

Segundo o delegado Rafaello Ross, durante as buscas foi encontrado um revólver de calibre 38 com a numeração raspada, que teria sido usado para matar a comerciante. A arma será encaminhada para perícia para ser realizado um confronto balístico, que pode comprovar se ela foi realmente usada no crime.

A motivação teria sido a questão da concorrência, que evoluiu para uma desavença — afirmou Ross. O delegado também afirmou que a mulher presa é suspeita de ser a pessoa que estaria ameaçando Cátia Regina. Durante um vídeo publicado em uma rede social, a comerciante afirmou que estava sendo ameaçada por outra pessoa por vender os produtos mais baixo do que a concorrência.

A prisão da mulher é temporária, por 30 dias, podendo ser prorrogada por mais 30 dias. A suspeita será levada para o Presídio de Itajaí para depois prestar depoimento. A polícia ainda vai realizar outras diligências dentro da investigação e trabalha com a possibilidade de outras pessoas envolvidas no crime.

Fonte foto: Policia Civil/OCP/News

Homem que transportava adolescente de forma ilegal é preso por tráfico de pessoas em Barra Velha

05.08 – Após receber denúncia anônima, policiais rodoviários federais flagraram uma situação de tráfico de pessoas na BR-101, em Barra Velha. A ocorrência foi registrada na tarde de sábado (3).

A denúncia dava conta de que um Chevrolet Prisma de cor cinza com placas de Belo Horizonte estaria conduzindo uma adolescente mediante “artifício ardiloso” para o Paraguai.

Quando os policiais fizeram a abordagem ao veículo suspeito, o motorista demonstrou nervosismo considerado “anormal”. O homem alegou que os ocupantes seriam passageiros de aplicativo de carona.

A versão da adolescente de 16 anos que estava a bordo, no entanto, foi divergente da explicação do condutor. Um dos policiais testemunhou a garota solicitando que uma das passageiras se apresentasse como tia dela, o que foi recusado pela ocupante.

Conselheiros tutelares de Barra Velha foram acionados e constataram que havia anormalidade no caso. Os responsáveis pela menor não sabiam da viagem que ela estava fazendo.

Segundo informações prestadas pela vítima aos policiais, o autor teria prometido vantagens monetárias. O aliciador teria dito que ficariam juntos em um hotel, mas que “somente teria relações sexuais caso ela consentisse”.

Após constatação por parte dos conselheiros do crime, os policiais deram voz de prisão ao suspeito por tráfico de pessoas. Ele foi encaminhado para a delegacia de Barra Velha. O celular dele também foi apreendido.

Foto e fonte: PRF/SC

Policiais rodoviários federais apreendem na BR 101 93 quilos de maconha que tinha como destino a cidade Barra Velha

05.08 – Policiais rodoviários federais apreenderam no início da tarde de sábado (03), na BR 101 em Joinville, 93 quilos de maconha. Um carro roubado foi recuperado e três homens foram presos.

A droga estava no porta-malas de um Fiat/Uno com dois ocupantes. O motorista e o passageiro disseram que foram buscar a droga em Foz do Iguaçu/PR e que o destino seria a cidade de Barra Velha. Um terceiro homem, dirigia um VW/Gol que fazia o serviço de “batedor” para o veículo com a maconha, também foi preso.

Em vistoria ao Uno, os policiais descobriram sinais de adulteração. O veículo tem registro de furto/roubo no dia 25 de julho em Joinville, mas estava circulando clonado, com placas de outro automóvel de mesmas características. A maconha, os três homens detidos e os dois veículos foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Barra Velha.

Foto e fonte: PRF/SC

Familiares e amigos de Gabriella fazem manifestação na Praça da Bandeira em Joinville pedindo justiça

05.08 – Na manhã de ontem (04), familiares e amigos da jovem Gabriella Custódio da Silva, 20 anos, fizeram manifestação que na Praça da Bandeira, no Centro de Joinville, pedindo justiça e a prisão do companheiro dela, de Leonardo Natan Chaves Martins, 21, que confessou atirado na vítima, mas alegou ter sido acidental. Gabriella foi morta com um tiro dentro da casa dos sogros em 23 de julho.

Com a foto de Gabriella estampada em camisetas brancas, os manifestantes esperam que a investigação aponte os detalhes da morte e tenha efeito de prisão. Abalada com a morte, a irmã, Andreza Custódio da Silva, fez um apelo pelas redes sociais e convocou a população do município para se unir à passeata.

Leonardo Natan alegou que o tiro teria ocorrido no momento em que ele mostrava a arma para Gabriella. Martins levou o corpo da jovem até o hospital no porta-malas do carro. Após deixar a jovem em uma maca dentro da unidade, o rapaz fugiu e jogou a pistola no rio. Ele se apresentou à polícia quando já havia finalizado o prazo do flagrante – o que impossibilitou a prisão naquele momento.

A família de Gabriella, que mora em Penha, suspeita que a jovem estivesse vivendo um relacionamento abusivo, uma vez que se afastou dos parentes e amigos após ter ido morar com o companheiro, há cerca de três meses. O fato de ela largar o emprego também causou estranhamento.

A principal linha de investigação da polícia é feminicídio (morte em contexto de violência doméstica ou pela condição de gênero). O delegado Elieser José Bertinotti aguarda o resultado da perícia e o laudo cadavérico para dar andamento ao inquérito e não descartou a prisão de Leonardo.

Foto e fonte: AN/OCP/News

 

Cantora Giza Carla promove jantar beneficente em prol de seu tratamento médico

03.08 – Renomada na região, a cantora Giza Carla, promove no próximo dia 24 de agosto, a partir das 19h, jantar dançante, no clube Z Eventos, localizado na Rua Peroba, na saída 132, da BR-101, em Balneário Camboriú, em prol de seu tratamento médico. Giza está sofrendo de cirrose hepática no fígado, e os custos do tratamento e exames são financeiramente altíssimos e pagos de forma particular. Os exames atestaram também intolerância ao glúten.

Giza com seus 35 anos de carreira nos palcos da vida, Giza já embalou muitos momentos de diversão em clubes e casas de shows da região. Com sua voz imponente e uma presença de palco marcante, Giza é referência musical no litoral norte de Santa Catarina.

Presença certa em festas e atividades culturais da região, hoje ela está impossibilitada em subir nos palcos e soltar sua voz inconfundível. Diante da enfermidade, está sem condições de trabalhar, animar seus fãs, e, claro, ganhar seu pão de cada dia.

Giza passa por tratamento médico particular, exames custeados por ela, sendo difícil financeiramente de pagar.  Por isso, ela está pedindo ajuda a amigos e aos fãs ajuda para poder continuar seu tratamento médico e poder em breve voltar aos palcos e soltar sua voz.

  • Galinha com Polenta
  • Jantar Dançante em prol tratamento médico de Giza Carla
  • Dia 24 de agosto
  • 19h
  • Z Eventos – Balneário Camboriú
  • 10 reais por pessoa antecipado
  • 15 reais no dia do evento
  • Telefone para contato – (47) – 9.9711.9357 (Giza)
  • Ingressos pelos telefones: (47) – 9.8499.0968 (Cleide) – Penha

Fonte: Central Aquarela de Jornalismo

Foto: Arquivo Pessoal

Penha: Jovem de 22 anos é morto a facadas no Morro do Cred no bairro Santa Lídia

02.08 – Uma briga de casal, dentro de uma residência, na localidade do Morro do Cred, no bairro Santa Lídia, em Penha, resultou na morte do jovem Jonathan Lucas Silva dos Santos, 22 anos, mais conhecido como “Cabelo”. Ele foi morto a facadas e a principal suspeita de praticar o crime é sua companheira, que fugiu sem deixar pistas.

Segundo testemunhas, a briga teria começado a tarde dentro da casa, quando Jonathan teria dado um soco na companheira. A jovem não identificada, por volta das 19h, se armou de uma faca e deu dois golpes certeiros, sendo um no pescoço e outro na barriga dele.

“Cabelo” foi encontrado na entrada de uma residência vizinha, já sem sinais vitais. O corpo foi levado para o IML de Balneário Camboriú. A acusada fugiu antes da chegada da polícia.

Fonte: PM/SC

Foto: Divulgação

PRF apreende cerca quilos de maconha com mulher na BR-101

02.08 – Policiais rodoviários federais apreenderam no início da noite de ontem (01), na BR 101 em Joinville, 50,2 quilos de maconha. Uma mulher foi presa.

Durante fiscalização de rotina, os agentes desconfiaram do nervosismo da condutora de um Fiat/Palio placas de Foz do Iguaçu/PR, que se contradisse sobre o motivo da viagem. Em seguida, perceberam o cheiro característico da droga no interior do carro. A maconha foi localizada em um compartimento secreto no painel do veículo, dividida em 148 tabletes.

A motorista, paranaense de 25 anos, não quis revelar aos policiais nem onde buscou a droga e nem qual seria o destino. Ela foi conduzido à Central de Polícia de Joinville, onde vai responder por tráfico de drogas.

Foto e fonte: PRF/SC

Penha: Polícia Civil de Penha incinera cerca de 300 quilos de drogas apreendidas

02.08 – A Polícia Civil de Penha incinerou na tarde de ontem (01), cerca de 300 quilos de drogas apreendidas em um total de 60 flagrantes de posse e tráfico. De acordo com o responsável pela Delegacia de Penha, Allan Martins Coelho, o material – em sua maioria, maconha – estava avaliado em R$ 600 mil.

Além de maconha, os policiais incineram crack, cocaína e drogas sintéticas que estavam guardadas no cofre da própria Delegacia. Apreensões feitas em 2009 ainda estavam sob posse dos policiais e tiveram sua incineração vistoriada por órgão sanitário da Saúde de Penha – comente assim que obtiveram o aval do judiciário para serem destruídas.

Em fevereiro deste ano, outros 5,5 quilos haviam sido incinerados, mesma quantidade de junho do ano passado. Já em janeiro de 2018, os policiais devem fim a 240 quilos, todas com base na Lei 11.343/2006 – que Institui o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas.

Fonte e foto: Jornal do Comércio – (Felipe Bieng)

Araquari: Idoso morador do bairro Itapocú que estava desparecido é localizado na casa de familiares no Rio Grande do Sul

01.08 – O idoso Filintron Dutra da Silva, 84 anos, morador da localidade de Itapocú, em Araquari, que estava desaparecido desde sábado (27), foi localizado ontem (31), no Rio Grande do Sul, na casa de familiares.

Os vizinhos que estavam preocupados com o desaparecimento do idoso, não sabem como ele viajou para o estado Gaúcho e em que cidade ele está, mas receberam informações, por telefone de parentes, que ele está bem.

Segundo os vizinhos, os familiares entraram em contato informando o paradeiro dele, pois teriam visto a publicação, da Central Aquarela de Jornalismo, no site da Rádio Aquarela FM, que Filintron estava sendo procurado.

Por ele sofrer de confusão mental, os vizinhos viram a casa, onde ele mora sozinho, fechada e sem ninguém. Como ele nunca tinha desparecido os mesmos iniciaram a procura do idoso, chegando a registrarem um Boletim de Ocorrência.

Por: Central Aquarela de Jornalismo