Balneário Piçarras: Membro do PGC é morto em confronto com a PM no bairro Itacolomi

10.01 – Na noite de ontem (9), por volta das 20h, em uma residência na rua Santa Luiza, área de invasão conhecida por “Querosene”, bairro Itacolomi, município de Balneário Piçarras, Anderson Domingos Sell. 29 anos, conhecido por Mano, foi morto em confronto com a Polícia Militar. Segundo os policiais ele era membro da facção criminosa PGC (Primeiro Grupo Catarinense). Ele tinha passagens pela polícia por ameaça, roubo e tráfico de drogas.

Mano também é suspeito de ser o autor do homicídio de uma mulher no dia 2 de janeiro deste ano, no mesmo bairro. Neste crime, a mulher teria sido atacada com uma faca no pescoço e jogada do segundo andar de uma residência. Em seguida, os autores teriam queimado o corpo da vítima. Há suspeita de que o homicídio foi determinado pela facção criminosa.

Segundo a polícia, durante uma tentativa de abordagem dos policiais, Mano teria reagido e apontado um revólver calibre 38 para os PMs. A PM informou que os policiais revidaram em legítima defesa. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Após a chegada do Instituto Geral de Perícias (IGP), foi confirmado pelos peritos que Anderson chegou a acionar o gatilho por duas vezes contra os policiais, mas as duas munições falharam e não foram deflagradas.

Na residência do suspeito foram encontrados dois rádios comunicadores, um pote com 12 unidades de crack, um pacote com 45 unidades de crack já embaladas para venda, um papel de contabilidade do tráfico e uma porção pequena de maconha. Os materiais foram recolhidos e apresentados à Delegacia de Polícia Civil.

Foto e fonte:PM/SC

Compartilhe!

No Comments

Deixe uma resposta