Balneário Piçarras: Embalador de bananas é morto a tiros na localidade do Rio Novo

05.07 – Vilson dos Santos Vaz, 21 anos, o Polaco, foi morto a tiros na manhã de ontem (04), dentro de uma empresa de comércio de bananas, na estrada Geral da localidade rural do Rio Novo, em Balneário Piçarras. Os disparos foram feitos pelo colega de trabalho João Paulo Vieira Carriel, 26, que fugiu com o revólver.

De acordo com a polícia Militar, o assassinato aconteceu após uma discussão entre Polaco e João Paulo, que trabalhavam para o bananal Furlani. O desentendimento ocorreu enquanto encaixotam e ensacavam cargas de banana. A discussão foi motivada por conta de uma caixa que ficou mal colocada.

Em seguida, os dois brigaram. João Paulo deixou o galpão, avisando que voltaria mais tarde. Cerca de 40 minutos depois, voltou armado com um revólver, chamou Polaco e começou numa nova discussão com o colega.

O bate-bocas terminou de forma trágica: João Paulo descarregou o revólver em cima de Polaco. Pelo menos cinco tiros acertaram a vítima, que morreu em cima das cargas de bananas.

João Paulo fugiu numa Yamaha YBR preta. Ele e Polaco tinham sido subcontratados com outros dois colegas por um homem que trabalhava para o produtor de bananas. João Paulo mora na estrada Geral Rio Canoas, no Braço Arataca, perto de onde Polaco também morava.

A equipe de trabalhadores trabalhava junto há cerca de um ano, mas Polaco era novo no grupo e estava no primeiro dia de serviço. João Paulo e Polaco já se conheciam. Os dois se criaram no Paraná. O corpo de Polaco foi recolhido pelo IML.

A polícia Civil investiga o crime. Até a manhã de hoje João Paulo não tinha sido encontrado pela polícia.

Fonte e foto: Diarinho

Compartilhe!

No Comments

Deixe uma resposta