Acusado de atropelar e matar comerciante de Barra Velha se apresenta a Polícia Civil

18.04 – Acusado da morte do comerciante Ademar João Espíndola, 68 anos, o Ade, em Barra Velha, E.F. se apresentou na delegacia, na terça-feira, acompanhado de um advogado.

A informação foi repassada pelo filho da vítima, Safharguns Vicenzi Espíndola. Safha contou que E. prestou depoimento e foi embora, devendo responder o inquérito em liberdade ou até que haja uma decisão da justiça para prendê-lo.

O delegado responsável pela investigação, Procópio Neto, disse que não poderia dar informações sobre o assunto porque a investigação é sigilosa.

Ade morreu após ser atropelado e prensado contra um muro por E., na noite de sexta-feira passada, na rua José Feliciano Coelho, no bairro São Cristóvão. O acusado é marido da ex-nora do comerciante, R. A., e estava saindo de casa após ser denunciado por vizinhos por ter agredido o neto do comerciante.

O comerciante foi até o local junto com os filhos. Na casa teria ocorrido uma discussão e E. pegou o carro e jogou o veículo contra Ade. A vítima chegou a ser levada para o PA de Barra Velha, mas não resistiu aos ferimentos. Depois de atropelar o comerciante, E. fugiu.

O carro foi abandonando no pátio de uma tabacaria na rua André Avelino Schmitt, no bairro Tabuleiro, sendo que o motorista não foi visto durante o fim de semana. O crime chocou os moradores porque Ade era conhecido e querido pela comunidade.

Fonte: Diarinho/Polícia Civil

 

Compartilhe!

No Comments

Deixe uma resposta